Foto vila do farol capo verde


Foto vila do farol capo verde

Escolher uma profissão é algo que demanda muita responsabilidade, pois se está decidindo o que se irá fazer para o resto da vida. Embora exista a possibilidade de mudar o caminho escolhido é mais interessante seguir a sua vocação logo no começo, não é mesmo?

Algumas profissões não são tão conhecidas do grande público e talvez por isso não figurem dentre as opções dos jovens. A seguir vamos explicar um pouco mais sobre o trabalho de restaurador de miniaturas através da apresentação do curso de bacharelado em Conservação e Restauro.

Conhecendo o Bacharelado em Conservação e Restauro

Dentre as atribuições de um bacharel em conservação e restauro trabalhar com a preservação de edifícios, obras de arte e objetos. Esse profissional consegue fazer o reconhecimento do valor histórico de fotografias, pinturas, manuscritos, monumentos, livros, esculturas entre outros.

Também cabe a esse profissional definir as condições do ambiente em que tais obras deverão ser mantidas como umidade e temperatura. Se for necessário o restaurador ainda realiza reparos necessários com a utilização de tecnologia e técnicas adequadas. É importante que a restauração não realize nenhum tipo de mudança nas características originais do que irá ser restaurado.

Um profissional com essa formação pode atuar em órgãos oficiais do patrimônio histórico e artísticos bem como em bibliotecas, museus, igrejas e galerias. Quem se especializa em preservação de patrimônio atua diretamente com engenheiros, arquitetos, historiadores, construção civil entre outros. Existe a possibilidade de começar a carreira como tecnólogo.

Mercado de Trabalho do Restaurador-Conservador

Dentre os principais empregadores nesse setor estão o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e os institutos estaduais do patrimônio bem como as secretarias de cultura dos municípios. Contudo, as possibilidades não se restringem somente a órgãos públicos. Os centros de pesquisa, universidades e acervos particulares podem oferecer oportunidades interessantes.

O profissional com essa formação pode ainda enveredar por outros caminhos como os da conservação de documentação científica e o de conservação preventiva. Esses setores buscam tornar o ambiente em que os acervos estão mais adequados para evitar que ocorram danos.

A cidade de São Paulo conta com mais de 60% das coleções culturais como esculturas e pinturas. Sendo assim é um polo de oportunidades para quem deseja trabalhar nessa área. Contudo, também é possível encontrar vagas em cidades históricas de estados como Minas Gerais, Rio de Janeiro e Nordeste.

O Curso

Nesse curso de bacharelado o aluno tem nos dois primeiros anos disciplinas que versam a respeito de noções gerais de conservação bem como de como restaurar as obras. Sendo assim no currículo do curso estão disciplinas que focam em entender mais sobre microbiologia aplicada a bens culturais, patrimônio histórico, artes visuais, avaliação de obras e até mesmo conhecimentos a respeito de insetos.

No final do curso, os dois últimos anos, tem o foco voltado para conhecer mais sobre as áreas de papel, pintura e escultura. O diploma é concedido depois que o aluno conclui todas as disciplinas, realiza um estágio obrigatório na área e apresenta o seu trabalho de conclusão do curso. A duração média do curso é de 4 anos.

O Curso Tecnológico

Nesse curso se tem uma miscelânea de disciplinas de áreas como arquitetura e engenharia. Os estudantes se aprofundam mais em assuntos como geometria, matemática, estudo dos solos, topografia, resistência dos materiais, desenho, restauração, urbanismo, gerencialmente de obras, planejamento entre outras temáticas. Os estudantes ainda fazem visitas técnicas a centros históricos, a duração média do curso é de 3 anos.

O Que se Pode Fazer

Dentre as atribuições que um aluno formado nesse curso pode cumprir estão acompanhar o armazenamento de obras de arte bem como determinar quais são as técnicas que devem ser empregadas para o seu restauro e preservação; fazer a restauração propriamente dita; prestar consultoria e fazer a análise de condições físicas para que as obras sejam restauradas.

Também podem ser atribuições desse profissional prestar consultoria para instituições públicas e empresas bem como promover o restauro de bens culturais; elaborar projetos e desenhar e fazer maquetes de edificações tendo como base o diagnóstico de objetos que irão ser restaurados e os procedimentos importantes para intervenção.

Hobby Profissional

Você deve conhecer algumas histórias de pessoas que tinham algum hobby que de repente virou a sua principal fonte de renda. No segmento de restauração isso pode acontecer, pois muitas pessoas tem a restauração como um passatempo. O mercado de miniaturas tem se expandido muito nos últimos anos e assim se mostra necessário ter bons restauradores.

Para se ter uma ideia o Brasil é o segundo colocado no ranking de maiores consumidores de miniaturas ficando atrás somente dos Estados Unidos. Com tantos fãs de miniaturas se percebe a necessidade de ter alguém que personalize e ajude na restauração das mesmas. Trata-se de um trabalho bastante artesanal e que demanda muita paciência.

Paixão

Boa parte das pessoas que trabalham com restauração de miniaturas o fazem por ter paixão por esse trabalho. Pode ser uma boa maneira de ocupar o seu tempo livre além de servir para relaxar a mente. Quem fica bom nesse trabalho acaba se destacando, principalmente porque existe demanda nesse mercado.

Já tem pessoas que estão trabalhando nesse segmento com uma grande clientela e sem nem ter a necessidade de anunciar os seus predicados. Dessa forma se você tem esse sonho pode ser interessante começar a pensar em torna-lo uma prática real no seu dia a dia.

Danos e Personalização

Os restauradores que tem entrado no mercado agora tem descoberto um novo filão que é o de personalização, ou seja, ao invés de somente consertar os problemas eles têm trabalhado também com a possibilidade de alterar algumas características das miniaturas conforme o gosto do freguês.

Sendo assim se você está procurando por um mercado que esteja em plena expansão e que ofereça boas opções de trabalho pode encontrar no de restauração. Pense a respeito de fazer personalização para ter mais ganhos. O mais importante a se dizer é que trabalhar em algo de que se goste pode fazer toda a diferença para a sua felicidade profissional.

Já se tornou um hábito para o carioca e administrador Fábio Torres, o fato de semanalmente receber pelo correio pacotes vindos do Brasil inteiro. Mesmo sem abrir estes pacotes, Fábio já sabe tratar-se de miniaturas que colecionadores enviam para o seu endereço para que ele faça a restauração. O administrador faz este trabalho nas horas vagas, pois tem isto como um hobby. O restaurador de miniaturas, muitas vezes leva até três semanas trabalhando em uma peça, pois é um trabalho artesanal e bastante minucioso que requer muita atenção e cuidados para manter a originalidade da peça trabalhada e assim como você encontra Carros com Design Engraçado na vida real, as miniaturas também são assim e devem ser mantidas como se apresentam por isso todo o cuidado é pouco na restauração dos detalhes do Belo Carro original.

Restaurador de Miniaturas

Restaurador de Miniaturas

Fábio já se tornou bastante conhecido por suas habilidades como restaurador de miniaturas, porém prefere continuar trabalhando nisto como uma atividade de lazer. Após o recebimento das caixas o restaurador de miniaturas faz uma avaliação minuciosa de cada peça para ver bem o estado de conservação de cada uma e o que precisa ser feito. Feita a avaliação ele inicia com cuidado a desmontagem desses carros que em geral são de um passado em que os automóveis eram Nem Tão Velozes, Porém Muito mais Furiosos e logo após desmontar passa para a segunda etapa que é a de remover toda a tinta antiga e lixar muito bem os Super Carros tomando todo o cuidado para com as pequenas peças que terão de ser muito bem cuidadas, pois se tratam muitas vezes de pecinhas minúsculas e que se perdidas são de difícil reposição.

Arte

Arte

Segundo Fabio o processo utilizado na pintura destes pequenos exemplares é semelhante ao que usamos nas pinturas de carros de verdade, assim o restaurador de miniaturas primeiro dá uma demão de um produto especial para que a tinta se fixe bem ao metal e respeitando inclusive um período de 24 horas de uma etapa para outra. Muitas vezes o que chega é nada mais do que um Carro aos Pedaços e no final até mesmo os decalques do Automóvel original deverão ser reproduzidos para finalmente ser remontado num trabalho muito minucioso. O que para Torres começou como uma brincadeira colecionando miniaturas virou paixão e passou a restaurar miniaturas de carros em estado ruim que lhe traziam.

Trabalho

Trabalho

No início buscou as técnicas de restauração na internet, adquiriu um aerógrafo e uma pistola para pintura e por fim passou a desenhar inclusive os decalques. Hoje Torres atende até colecionadores e restaura modelos dos Carros Mais Caros do Mundo, muitos deles, modelos raros que o tempo desgastou. Como não se consegue peças tem muitas vezes que reaproveitar de outras miniaturas semelhantes. Pára-brisas de plástico não podem ser recuperados e tem de ser substituídos por outros similares.


Foto vila do farol capo verde 96
Viaggio a Capo Verde con bambini - Patatofriendly
Foto vila do farol capo verde 44
Ford ka baixo desempenho - m
Foto vila do farol capo verde 85
Viajes, vuelos baratos y hoteles - m
Foto vila do farol capo verde 19
Tabela de erros do omega - m
Foto vila do farol capo verde 83
La tua Community di Viaggi e Vacanze
Foto vila do farol capo verde 81
ECOS DEL AYER, 4000 canciones para el recuerdo (ndice)
Foto vila do farol capo verde 71
Foto vila do farol capo verde 15
Foto vila do farol capo verde 90
Foto vila do farol capo verde 54
Foto vila do farol capo verde 98
Foto vila do farol capo verde 9
Foto vila do farol capo verde 79
Foto vila do farol capo verde 87
Foto vila do farol capo verde 59
Foto vila do farol capo verde 36